quinta-feira, 27 de março de 2014

Acção em Minhomar

Dia 29MAR1974 saímos do aquartelamento cerca das 5 horas com destino a Nova Freixo. Pelas 7,30h, na região de Minhomar, encontrámos elementos da população e Guardas Rurais que nos fizeram alto. Tendo-me apeado a fim de me inteirar do que pretendiam, fui informado da existência de minas colocadas pelo IN na picada. Imediatamente tomei as seguintes medidas de segurança: uma secção comandada pelo 1º Cabo Batista, montou segurança às viaturas; outra secção comandada pelo 1º Cabo Ernesto Echaco, dirigiu-se comigo para o local onde estavam as minas a fim de montar a segurança na proximidade. Deparei com uma mina A/C e outra A/P meio à vista. Seguidamente fiz a picagem na periferia das minas, verificando não existir qualquer outro engenho explosivo, tendo, no entanto, avistado, a cerca de 2 metros da mina A/C, estilhaços de uma mina A/C e fragmentos de carne humana e sangue. Suponho que este engenho explosivo, muito semelhante à mina implantada na picada, tenha sido accionado pelo IN quando da sua montagem.
Depois de tomadas as medidas de segurança que se impunham, levantei as minas A/C e A/P, à distância, com o auxílio de uma corda improvisada. Seguidamente neutralizei a mina A/P, ficando a mina A/C por neutralizar por falta de meios de destruição. Esta ficou fora da picada, à espera de meios para a sua neutralização, vindos de Mandimba.
Devido a avaria no Rádio, resolvi, pelas 10,30 h, prosseguir com a coluna para Nova Freixo, deixando o 1º Cabo Batista, o soldado Carvalho e os Guardas Rurais a guardar as minas, enquanto não chegavam os reforços de Mandimba. Aproveitando a passagem de uma viatura civil, mandei nesta o Soldado Moutinho com o fim de informar o nosso CMDT COMP.
Às 12 horas chegámos a Nova Freixo. O regresso deu-se por volta das 18 horas, chegando ao local onde tinha deixado os dois militares pelas 20 horas. Aí aguardei os reforços de Mandimba que chegaram pouco depois. Após a neutralização da Mina empreendemos o regresso ao Quartel de Mandimba.
In “História da Unidade” – C CAÇ 4242

Sem comentários: